O que as suspensões do WhatsApp podem nos ensinar sobre comunicação

Pela terceira vez, um juiz de primeira instância tira o WhatsApp do ar em todo o país, sob o mesmo argumento: a empresa, uma gigante imperialista norte-americana, se recusou a compartilhar informações protegidas por criptografia com a justiça brasileira. Na imprensa brasileira, a crise traz à tona o velho debate sobre como adequar negócios novos Leia mais… »